Termo de Confidencialidade

SHOPTUTOR DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARES LTDA, pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito descreve os termos de confidencialidade aplicados a trocas de e-mail; ou quaisquer tipos de correspondência virtual ou física, sendo o RECEPTOR destas informações/dados vinculado ao que está aqui estipulado:

  1. O objeto do presente instrumento é normatizar e regular o compartilhamento de informações financeiras, tecnologias, infraestrutura e demais dados compartilhados pela SHOPTUTOR, envolvendo a plataforma denominado “shoptutor.com.br”, devendo tais informações somente serem utilizadas e/ou divulgadas com autorização expressa da SHOPTUTOR.
  2. As informações e dados compartilhados não poderão ser divulgado a qualquer tempo, devendo serem utilizados conforme orientação da SHOPTUTOR.
  3. Durante a vigência deste instrumento e após seu término ou rescisão, as partes se obrigam a manter sob absoluto sigilo todas as informações comerciais, contábeis, administrativas, tecnológicas, infraestruturais, técnicas, ou seja, quaisquer dados revelados mutuamente, abstendo-se de utilizá-las em proveito próprio ou de terceiros, comprometendo-se a zelar para que seus sócios, funcionários com vínculo empregatício e terceiros de sua confiança, informados dessa obrigação, também o façam, sob pena de responderem solidariamente com estes.
  4. As partes se comprometem a atuar de forma leal, transparente e coordenada, zelando o máximo pelo o sigilo e segurança das informações e dados compartilhados.
  5. As partes respondem ainda, civilmente, pelos atos praticados por seus empregados e prepostos, suportando os ônus decorrentes da divulgação e/ou utilização das informações e dados compartilhados.
  6. A tolerância por qualquer das partes em relação ao descumprimento de quaisquer das disposições contidas neste instrumento não significará, em momento algum ou sob qualquer hipótese, renúncia aos direitos referentes a tais disposições, não afetará, sob qualquer pretexto, a validade deste instrumento, no todo ou em parte, e nem obstará o direito da parte prejudicada de exigir o cumprimento de toda e qualquer obrigação devida pela parte faltosa.