Publicado em

Processador Intel Core i3, i5 ou i7?

Mesmo quem não entende muito sobre computadores já deve ter ouvido falar nos processadores Intel Core. Nos últimos anos, os modelos i3, i5 e i7 da marca dominaram o mercado. Claro, há bons processadores produzidos por outras empresas, como AMD, mas os da Intel sem dúvida são os mais populares, reconhecidos pela alta qualidade.

De uma maneira simplória, pode-se dizer que o Intel i3 é inferior ao Intel i5, que é inferior ao i7. Os i3 possuem dois núcleos (dual core) e os i5 e i7 podem ter dois ou quatro núcleos de processamento (dual core ou quad core). Porém, há diferentes modelos de cada série e vale a pena prestar atenção em outros detalhes técnicos.

O que significa cada nome?

Todos os processadores das séries “i” possuem um nome como “i5-5257U”. A primeira parte se refere a série (i3, i5 ou i7), o número seguinte determina a qual geração ele pertence (5ª, neste caso), os três números seguintes indicam o desempenho do processador em relação a outros da mesma linha (um i5-5257U será superior ao i5-5250U), e a letra final pode indicar algumas características específicas do modelo.

A letra “U” significa “Ultra Low Power”, um processador exclusivo para notebooks que consome menos energia que os demais. Os modelos “Y” refere-se a “Low Power”, os processadores que economizam bateria mais antigos que os “U”. Os “T” são ‘Power Optimized”, que indica modelos para desktop com alta eficiência energética. Os “Q” são “Quad-Core”, modelos com quatro núcleos físicos de processamento. Os “H” são “High-Performance Graphics” – chipsets com as melhores placas de vídeo embutidas do mercado. Por último, os “K” são “Unlocked”, processadores passíveis de overclock (uma maneira de acelerar e garantir mais desempenho do processador).

Com essas informações, fica mais fácil entender o modelo do processador pelo nome. O desempenho da série segue a numeração de forma crescente, de i3 para i7. Em relação à geração, normalmente, a geração mais recente é superior (os modelos de 6ª geração são os mais modernos do mercado). Para avaliar os três últimos números, basta saber que o que possui número mais alto é superior. E, em relação à última letra, a escolha irá depender de que uso você irá fazer do computador.

Outros detalhes:

Além disso, os processadores da Intel podem ter a tecnologia Hyper-Threading, que cria núcleos virtuais de processamento. É uma maneira do processador “trabalhar em dobro” sem ativar o segundo núcleo – o que gastaria mais energia. Apesar do i5 ser superior ao i3, a série intermediária é á única que não trabalhar com esse funcionalidade.

Porém, os modelos Intel Core i5 e i7 possuem o Turbo Boost, que incrementa a velocidade do clock do processador automaticamente de acordo com a demanda – ideal para quem trabalha com edição de vídeos ou joga games com gráficos complexos.

Também vale a pena ficar atento à memória cache, que é uma memória extra do processador, como uma RAM exclusiva. Quando mais memória cache o processador tiver, mais rapidamente executará tarefas simples. Em geral, os i3 possuem 3 MB, os i5 até 6 MB e os i7 até 8 MB.

Cada processador Intel vem equipado com um GPU (Unidade de Processamento Gráfico). Há três modelos: Intel HD, Intel Iris e Intel Iris Pro. Além disso, lembre de conferir a frequência de atuação, que é medida por GHz (quanto maior, melhor) e também a largura de banda, que é a velocidade de transferência de dados para dentro e fora do processador. Os processadores com o recurso QPI (i7 da série 900) aumentam a largura de banda e possibilita taxas de transferências de até 25.6 GB/s.

Qual Intel Core devo escolher?

Não há uma resposta pronta para essa pergunta. Em geral, o Intel Core i3 é recomendado para usuários mais básicos, que utilizam o computador para navegar na web, editar arquivos de texto, ouvir músicas e ver vídeos. Os modelos i5 são para usuários intermediários e possuem um bom custo-benefício. Os processadores desta série suportam algumas tarefas mais pesadas, apesar de poderem apresentar lentidão. Os i7 são os top de linha, indicadas para gamers “sérios” e profissionais que trabalham com edição de imagens e vídeos.

Principalmente se você é um usuário que exige um hardware potente, fique atento para as outras características, como geração do modelo, o número da série, a letra da especificação, memória cache, GPU e velocidade.

Notebook i3 básico:

[busca-oferta category=”notebook” brand=”Lenovo” reference=”80JE000HBR”]

Este modelo de 14 polegadas da Lenovo é uma boa opção para quem quer economizar. Ele possui um processador Intel Core i3-5005U (quinta geração), 2 GHz, 3 MB de memória Cache, placa de vídeo integrada HD Graphics 5500, com 4GB de memória RAM e 1Tb de armazenamento. É uma boa opção para quem precisa de um computador para executar tarefas básicas e não quer gastar muito.

Notebook i3 destaque:

[busca-oferta category=”notebook” brand=”Dell” reference=”I13-7348-C10″]

Este Dell Inspiron é para quem deseja mais potência e sofisticação em um notebook. Ele é um 2 em 1 – um modelo super fino e leve que vira tablet e tem tela de 13 polegadas touch screen. O processador Intel Core é um i3-5010U (5ª geração), com 2.1 GHz, 3 MB de memória cache, placa de vídeo integrada HD Graphics 5500. São 4 GB de memória RAM e 500 GB de armazenamento. É um modelo mais potente que une um hardware veloz com um modelo ultra portátil e prático.

Notebook i5 básico:

[busca-oferta category=”notebook” brand=”Lenovo” reference=”80JE000GBR”]

Este Lenovo G40-80 de 14 polegadas é um i5 com ótimo preço. Ele é equipado com um processador i5-5200U (5ª geração), 2.2 GHz, 3 MB de memória cache, placa de vídeo Intel Graphics 5500, 8 GB de memória RAM, 1 TB de armazenamento.

Notebook i5 potente

[busca-oferta category=”notebook” brand=”Acer” reference=”E5-574G-574L”]

Este Acer consegue unir um hardware potente com um bom preço. Ele vem equipado com um processador Intel Core i5-6200U (6ª geração), 2.3 a 2.8 GHz, 3MB de memória cache, placa de vídeo dedicada NVIDIA GeForce 920M,8 GB de memória RAM, 1 TB de armazenamento. Um modelo de 15.6 polegadas com acabamento destaque em cor grafite.

Notebook i7 básico:

[busca-oferta category=”notebook” brand=”Samsung” reference=”NP270E5K-XW3BR”]

Este modelo da Samsung é um dos i7 mais baratos do mercado. Ele possui um processador Intel Core i7-5500U (5ª geração), 2.4 GHz até 3.0 GHz, 4 MB de memória cache, 8 GB de memória RAM, placa de vídeo dedicada NVIDIA GeForce 920M e 1 TB de armazenamento. É um hardware potente, indicado para quem trabalha com softwares pesados e games e tem um preço atraente.

Notebook i7 top de linha:

[busca-oferta category=”notebook” brand=”Dell” reference=”I15-7559-A20″]

Este é um computador potente especial para gamers. Ele é equipado com um processador Intel Core i7-6700HQ (6ª geração), 2.6 GHz até 3.5 GHz, 6 MB de memória cache, placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 960M, 8 GB de memória RAM e 1 TB de armazenamento. O modelo de 15.6 polegadas promete 11 horas de autonomia de bateria.

Procurando um Notebook novo?

Acesse o Assistente de Compras

Leia também:

Notebook, ultrabook ou netbook: como escolher?
Melhores notebooks para edição de imagens
Melhores marcas de notebook no mercado

Publicado em

Placa de vídeo: o que você precisa saber para comprar um notebook

As placas de vídeo são responsáveis por gerenciar a exibição de vídeo na tela. Todo computador possui uma interface gráfica (absolutamente tudo que você vê na tela) e a placa de vídeo é responsável por fazer com que essa interface apareça na tela com toda qualidade possível.

Uma tela é feita por milhões de pixels. Pixels são pequenos quadradinhos que mostram uma única informação, uma única cor. Juntos, eles criam a imagem que você está vendo nesse momento na tela do seu computador, celular ou tablet. Cada um desses pixels muda de cor e luminosidade o tempo todo, alterando a imagem que é mostrada na tela. A placa gráfica é quem coordena essa mutação, criando e transmitindo a imagem.

placa de vídeo

Mostrar o navegador web e programas de edição de texto pode ser uma tarefa fácil, que qualquer placa consegue fazer bem. Já transmitir filmes e animações de alta qualidade e rodar games com gráficos complexos pode ser mais complicado. Por isso, é importante levar em consideração a placa de vídeo de um notebook antes de comprar um modelo.

Placa de vídeo integrada ou dedicada?

Há dois tipos de placa de vídeo: as integradas e as dedicadas, que também podem ser chamadas de onboard e offboard. As placas integradas estão instaladas junto com a placa-mãe do computador e utilizam a memória RAM para executar tarefas. Ou seja, este tipo consome muita memória e, ao rodar games e programas mais pesados, pode deixar o notebook lento.

A placas dedicadas são componentes separados e possuem uma memória própria para suas tarefas, deixando a RAM livre para outras tarefas. Por isso, ela é muito mais potente e capaz de exibir gráficos complexos.

Gamers e pessoas que utilizam programas de edição de imagem precisam de um modelo com placa dedicada para realizar suas tarefas sem lentidão. Usuários mais básicos, que usam o notebook para navegar na internet, editar textos e ouvir música, podem optar por modelos com placa integrada sem medo.

Leia também:

Notebook leve e fino: 8 modelos para quem precisa de mobilidade
Vale a pena investir em um notebook com memória SSD?
Melhores marcas de notebook no mercado brasileiro

Intel, AMD ou NVIDIA?

placa geforce
Os modelos com placa de vídeo integrada costumam ser equipadas com placas da Intel, como HD Graphics 4000 e 4400. Elas são de boa qualidade e até conseguem rodar games menos pesados e programas de edição de imagem mais simples. Porém, no mundo das dedicadas, há dois principais fabricantes: AMD e NVIDIA.

As placas da NVIDIA são as mais populares e mais comuns de serem encontradas. Elas costumam ser levemente superior as AMD, com alta velocidade no processador gráfico. Porém, a diferença entre placas das duas marcas com a mesma configuração não deve ser sentido pela grande maioria dos usuários – apenas para gamers fãs de jogos de última geração.

As placas AMD R7 M265, GeForce 930M, 940M, 840M e 830M podem ser consideradas avançadas, capazes de rodar os melhores jogos do mercado com facilidade. Os modelos AMD R5 M230, GeForce 920M e 820M, são intermediários. Os modelos Intel HD Graphics 5500 (integrada), Intel 520 (integrada) e GeForce 710M (dedicada) são opções básicas que podem rodar jogos mais simples.

Muitas pessoas levam em conta apenas o processador e a Memória RAM ao comprar um notebook, não cometa esse erro. Antes de comprar um notebook, confira o tipo de placa de vídeo que ele possui e certifique-se se ela é adequada para o seu perfil de uso. Se você quer jogar games com gráficos complexos e editar imagens, não adianta ter um modelo com processador de última geração e muitos GBs de memória RAM e uma placa integrada básica.

E é claro, se você quiser uma recomendação de especialista para escolher seu notebook novo, confira o Assistente de Compras Shoptutor 😉 Deixe o trabalho pesado de ler fichas técnicas com o Assistente!

Quero um Notebook novo!

Assistente de Compras Shoptutor

Publicado em

Qual o processador ideal para o seu notebook?

O processador é uma das partes mais importantes de qualquer computador. Ele é como o cérebro do aparelho e um dos responsáveis por fazer ele funcionar corretamente, sem lentidão e sem “travar”. O processador precisa ser rápido para você abrir vários programas de uma vez e eficiente para não acabar com a bateria do notebook.

Claro, há outros fatores que influenciam na rapidez dos processos do computador, como memória RAM e placa de vídeo, mas para ter certeza que você irá conseguir realizar suas tarefas no computador sem enfrentar problemas, você precisa de um processador adequado.

Como tudo no mundo da tecnologia, é bastante claro quais são os melhores processadores disponíveis, mas a questão não é qual é o melhor no mercado, mas qual é o melhor para você. As duas marcas mais conhecidas são Intel e AMD. A Intel é a marca mais conhecida e oferece os modelos Core i3, Core i5 e Core i7. A AMD é menos conhecida e mais barata, mas também oferece bons processadores.

Processadores Intel

Intel-Core-i7A grande maioria dos notebooks disponíveis no mercado traz processadores intel. São três tipos que servem para três perfis de usuário diferentes. O Intel Core i3 oferece um desempenho baixo que serve para um uso simples do notebook. Este processador é ideal para usuários que apenas navegam na internet e usam softwares de edição de textos e tabela simples. Se este é o seu caso, apostar em um computador com este processador pode ser uma boa ideia. Principalmente porque será mais barato.

Se você quer mais performance, você pode optar por um Intel Core i5. Este modelo permite que o usuário faça mais com o notebook: além de navegar na internet e editar documentos simples, é possível assistir filmes, usar alguns softwares de edição de imagem e até jogar games mais simples.

Porém, se você é um heavy user, que joga games com gráficos complexos ou trabalha com edição de imagem e vídeos, você irá precisar do Intel Core i7 para poder usar o notebook sem ter dor de cabeça.

Processadores AMD

AMD-Phenom-IIVocê consegue encontrar processadores AMD principalmente em notebooks básicos e intermediários da HP e Asus. A lógica é parecida: há processadores básicos, intermediários e avançados. Se você precisa de uma maquina para executar tarefas básicas, você pode optar por um AMD Sempron, porém, ele é um pouco inferior ao i3 e pode apresentar lentidão se você tentar utilizar muitos programas ao mesmo tempo.

Se você é um usuário intermediário, pode apostar no Athlon X2 ou no Turion X2. O Athlon é uma versão mais simples e pode apresentar lentidão se você tentar ver filmes pesados e navegar na internet ao mesmo tempo. Já o Turion X2 é uma melhor opção se você que ver filmes e usar softwares de edição simples sem se preocupar.

Agora, se você quer editar imagens e vídeos e jogar jogos complexos, vai precisar de um AMD Phenom II ou um AMD FX-6200 Six-Core que possuem um desempenho superior ao Core i5, porém, ainda inferior ao i7.

Outros fatores

Esta descrição acima irá te guiar para escolher o seu computador, porém, se você quer se aprofundar, você deve saber que os processadores possuem variações. O mesmo processador (um core i5, por exemplo) pode trazer uma velocidade do clock diferente que o de outra máquina ou mais memória cache.

Nesses casos, quanto mais veloz o clock, mais veloz o processador (e maior o consumo de energia), e quanto mais memória cache, mais rápido o computador consegue realizar as tarefas. No caso dos processadores da Intel, vale a pena ficar de olho na geração, quanto mais atual, melhor.

AMD x INTEL

Não existe uma resposta pronta. A AMD aposta em processadores baratos e com alta eficiência energética (gasta menos energia do notebook) e possui uma tecnologia de vídeo melhor que a concorrente. Já a Intel, oferece o maior desempenho e, ao contrário dos da AMD, possui tecnologia de Threads com os núcleos executando mais de uma tarefa por vez.

Para escolher o processador ideal para o seu caso, é preciso entender as suas necessidades e prioridades. Se você prioriza velocidade e realizar várias tarefas ao mesmo tempo, um processador Intel é a melhor opção. Se você prefere gastar menos dinheiro e prioriza vídeo e autonomia de bateria no seu notebook, você pode optar por um AMD.

Procurando um Notebook novo?