Publicado em

Como escolher um notebook?

Comprar um eletrônico é sempre um processo delicado. Há uma grande variedade de modelos e especificações técnicas, que vem acompanhado de uma ampla diferença de preço. O que acontece é que os menos entendidos frequentemente caem em roubadas, gastando dinheiro em um aparelho que não irá suprir as suas necessidades. Ou, tão ruim quanto, gastar dinheiro a mais quando você poderia comprar um modelo mais simples. E então chegamos à pergunta: como escolher notebook?

Pois é, escolher um bom notebook pode ser particularmente difícil. São muitos detalhes: processador, memória RAM, placa de vídeo, HD, desempenho de bateria, resolução de tela, qualidade de som, tamanho, peso, teclado, touchpad, e por aí vai.

Para saber como escolher notebook adequado às suas necessidades, já que você pretende que tenha uma vida útil longa ao seu lado, é preciso entender para que serve cada uma dessas especificações e quais são as opções no mercado.

Como escolher notebook?

Veja abaixo as principais informações para esclarecer como escolher um notebook que atende a tudo que você deseja:

Tamanho de tela:

O tamanho de tela influencia não só no tamanho no aparelho em si mas também interfere na mobilidade, na bateria, e até no tamanho do teclado. Se o notebook não será o seu computador principal ou se você irá carregar muito ele, você pode preferir um de 11 ou 13 polegadas, que normalmente também trazem a maior duração de bateria. Os notebooks de 14 e 15 polegadas são um bom meio termo, e, em geral, possuem um bom custo-benefício. Geralmente os de 14 polegadas acabam tendo mais variedade de modelos, pois como vendem mais os fabricantes criam mais variações deles. Porém, se você prioriza entretenimento e pretende ver filmes e jogar no seu notebook e a mobilidade não é uma preocupação, é melhor investir em um modelo com mais de 15 polegadas.

Em geral, quanto maior a tela, melhor para ver filmes e jogar games, mas menor mobilidade e duração da bateria. Como o tamanho da tela normalmente dita o tamanho do notebook, vale lembrar que um notebook deve possuir um teclado maior e pode ser mais confortável para digitar.

Processador:

como escolher notebook
A principal preocupação das pessoas com computadores em geral é se ele não vai ficar lento e “travar”. Para um bom notebook funcionar adequadamente, sem lentidão, há uma série de fatores envolvidos. Um deles é o processador.

O processador é como o cérebro do seu notebook. Para o aparelho funcionar adequadamente, é preciso de um processador rápido e eficiente. Os processadores mais famosos são os produzidos pela Intel, que produz o Core i3, i5 e i7. Outra marca conhecida por fazer processadores de qualidade é a AMD.

Para entender qual processador você precisa, você precisa pensar bem no uso que você fará do notebook. Se você deseja apenas navegar na web e editar documentos simples, um processador de baixo desempenho pode ser o bastante para você. Se você quer ver filmes, jogar jogos leves e editar imagens, você precisa de um processador um pouco melhor, de nível intermediário.

Agora, se você joga games com gráficos complexos ou faz edições pesadas de vídeos, é melhor investir em um processador de alto desempenho.

Memória RAM:

A memória RAM é um tipo de memória que só conserva a informação no momento em que ela é acessada, sem armazenar internamente. Ela serve principalmente para entrar em programas, então quanto mais memória RAM, melhor processamento de dados e maior velocidade no aparelho.

Se você faz uso simples do notebook, como navegar na internet e editar documentos de texto, 4GB de memória RAM é o indicado. Uma versão com 2GB irá funcionar, mas deve registrar lentidão. Se você quer assistir filmes e jogar jogos simples, o melhor é uma 6GB. Para quem joga games com gráficos mais complexos ou utiliza softwares pesados de edição de imagem, é melhor ter pelo menos 8GB, mas, dependendo do uso, é melhor investir em uma versão com 16GB.

Memória cache do processador:

como escolher notebook memoria cache
A memória cache é uma das menos conhecidas. Ela é uma memória auxiliar de alto desempenho. O que acontece é que os dados da memória RAM mais utilizadas são transferidos para a memória cache e quando o processador precisa desses dados, ele consulta a memória cache, que é muito mais rápida que a memória RAM. Ou seja, a memória cache serve como um intermediário, guardando os dados da memória RAM mais utilizados, e entregando para o processador de maneira mais rápida quando é necessário.

Há três níveis de cache: L1, L2 e L3 com diferentes tamanhos. Quanto maior são essas memórias (2MB, 6MB, 8MB) e quanto mais rápido elas funcionam, mais rápido fica o computador.

Placa de vídeo:

As placas de vídeo interferem principalmente no processamento de imagens do notebook e há dois tipos: as integradas e as dedicadas. As integradas, como HD Graphics, Iris e Iris Pro, já vem com os processadores Intel. Já as dedicadas são separadas, sendo as mais conhecidas as Nvidias e Radeons.

Se você não trabalha muito com processamento de imagens, uma placa de vídeo integrada, como as HD Graphics que vem junto com os processadores i5 e i7 deve ser o suficiente. Agora, se você joga jogos com gráficos complexos e alta resolução, trabalha com edição vídeo, animação ou renderização em 3D, você precisa de uma placa de vídeo dedicada.

HD:

HD é quanto de memória interna o aparelho tem para armazenar os seus arquivos, isso inclui programas, músicas, fotos, vídeos, jogos, etc. O quanto de espaço você precisa é muito pessoal, mas não é difícil de “fazer as contas”. Você possui muitos arquivos de música e vídeo? Você usa programas e games grandes? Com uma rápida análise você pode entender o quanto você necessita.
Se você quer guardar muitos filmes, músicas e programas sem se preocupar com espaço, invista em uma versão com 1 terabyte. Porém, para a maioria das pessoas 500GB é o suficiente. E claro, se o armazenamento for insuficiente, você pode sempre utilizar opções de armazenamento em nuvem ou um HD externo.

Peso:

Se você irá carregar seu notebook diariamente para trabalho ou faculdade, é bom procurar um notebook leve e fino. Há opções de notebooks com pouco mais de 1kg, que são os de melhor mobilidade. Porém, se você irá tirar ele de casa esporadicamente, você não precisa se preocupar tanto com isso. Ultrabooks são notebooks leves e finos que levam uma pitada extra de performance, entenda um pouco mais sobre ultrabooks neste nosso outro post aqui e saiba dos ultimos modelos disponíveis e algum dele é o melhor ultabook para você.

Bateria:

como escolher notebook - bateria
Ficar sem bateria é uma coisa muito frustrante, certo? Então comece observando bem o que o fabricante indica em relação ao tempo de duração da bateria. Este valor é um tanto relativo pois depende do uso que será feito, mas de uma maneira geral já dá pra comparar os modelos. Uma coisa que deve ser avaliada também é o número de células que a bateria tem: quanto mais células, maior a quantidade de energia que pode ser armazenada nela. Outros fatores a se lever em consideração aqui é o tamanho da tela, pois quanto maior o tamanho da tela maior o seu consumo e a resolução da tela – as telas 4k vão consumir mais energia do que uma tela Full HD, ou mesmo uma tela HD.

Dependendo do seu uso, analise se a bateria é removível ou não, o que pode permitir uma substituição mais fácil em caso de necessidade, ou até mesmo a possibilidade de comprar mais uma extra para aqueles usuários extremos que vão ficar muito tempo longe de uma tomada.

Fabricante:

como escolher notebook - melhor marcaNão se esqueça do fabricante! Você pode encontrar um notebook com as especificações perfeitas, mas se ele não tiver uma boa reputação de durabilidade, você corre o risco de ficar na mão. Eis a diferença de escolher uma marca consolidada, que irá oferecer um bom suporte na hora de um imprevisto, atendendo com rapidez e realmente auxiliando a resolver o problema.
Fizemos um outro post sobre as melhores marcas de notebook, que você pode se inteirar mais sobre esta questão.

Outros detalhes:

Outros fatores que você deve levar em conta é se o notebook possui leitor de DVD/CD. Atualmente muitos modelos não possuem mais. O número de conexões USB e HDMI também é importante para permitir conectar o notebook a um HD externo, pen drive, mouse, celular, por exemplo. Então faça um levantamento de quais e quantos aparelhos externos você costuma ou pretende utilizar e procure esta informação no modelo.

Sobre a qualidade de som, cada vez mais há notebooks que oferecem melhores qualidades de som, com alta definição. Porém, em geral, se você se importa com qualidade de som, você provavelmente irá precisar de caixas de som externas ou de um bom fone de ouvido.

Se você não entende muito sobre como escolher notebook, vale lembrar de prestar atenção ao sistema operacional que vem com o computador. A grande maioria (fora os da Apple, claro) vem com uma versão recente do Windows, que é o que a maioria das pessoas usa. Porém, alguns podem vir com outros sistemas que você não está acostumado.

Leia também:

Processador Intel i3, i5 ou i7?
Os melhores notebooks para crianças e adolescentes
Notebook leve e fino: os melhores modelos para quem precisa de mobilidade

Procurando notebook novo?

Utilize o Assistente de Compras